PROSPECÇÃO : QUEM VEIO PRIMEIRO O OVO OU A GALINHA?

Por Elza Conte

Questões sempre presentes em reuniões de Coaching, onde também utilizo conceitos de PNL (Programação NeuroLinguística) para alinhar conceitos.

Ter boas lembranças faz muito bem. Faz-se muito importante ter um repertório de boas experiências em nossas vidas. É o que chamamos em PNL (Programação Neuro Linguística) de “Estado de recursos”, muito útil para associar uma atividade com sucesso anteriormente  conquistado.  Antes de começar uma atividade, mude seu estado interno: Traga para sua mente consciente, lembranças de realizações bem sucedidas, sempre associadas a  percepções de: Alegria, prazer, segurança, confiança. Assuma a postura correspondente. Para exemplificar: Muitas vezes quando uma pessoa está chateada, triste, ao sugerirmos “Levante a cabeça”, o seu estado muda. É como se você olhasse acima dos problemas.

Ao escrever sobre boas lembranças, lembro sempre do meu querido amigo Valter, com quem tive o prazer de dividir uma sala de trabalho em uma instituição de ensino que trabalhei. Ele era responsável pelo setor de prospecção de novos produtos na área de Informática, e como há produtos novos nesta área. Eu sinto saudades (epa….), eu tenho boas lembranças de quando vi pela primeira vez o Word funcionando, na época era outro produto, não lembro o nome…. Sempre escrevi muito, e datilografei muito também (com os dez dedos, tenho diploma). A loucura de um texto datilografado era refazê-lo. E centralizar um título? Era uma tortura. Quando vi aquele software, fazendo aquilo sozinho… e inserir uma palavra que estava faltando, qualquer coisa de maravilhoso. Foram inovações românticas, você as namorava. Isto eu chamo de crenças construtivas.

A Instituição de ensino que trabalhei foi sempre pioneira em inovações. Os professores precisavam e gostavam de mostrar novidades para os alunos, então alguem que viajasse com eles, pelo mundo do “Será que um dia é possível usar?”, sempre foi muito importante para o contexto de uma faculdade, onde os alunos precisam saber de tudo, para selecionar o mais importante.

Todavia, o Valter começou a viajar tanto quanto os jovens professores, ávidos por mostrar novidades aos alunos e seus chefes de departamento, para desespero e muito calmante, dos velhos mestres da escola, que insistiam no quadro negro e nas apostilas amareladas. Apostilas estas, cheias de teorias fantásticas, mas nada parecido com os software (não existe softwares Valter, nossa parece que estou ouvindo minha voz, corrigindo o erro. O Valter está hoje imobilizado, com um severo derrame, uma pena). Voltando à viagem, como minha área era de Jogos de Empresa, ele queria me convencer, de trocar o Software, plataforma, etc, etc. Conservadora e firme em minhas convicções, sempre coloquei barreiras. Trocar uma plataforma de um projeto em informática é uma loucura. Mas e as inovações, onde ficam?

O Rubens para colocar mais brasa na fogueira, argumentava que no inicio de sua vida como suporte em informática para terceiros, quando precisava medir o tamanho do mercado, bem como a repercussão sobre um novo produto, colocava um anúncio em jornal de grande circulação. Esperava todo o retorno, selecionava os melhores, descartava os demais informando que infelizmente, as vagas tinham sido todas preenchidas. O importante era testar sempre.

– ¨%$#¨&((&%&¨***%$*)) (*&¨&¨% – Esta foi uma resposta de um professor de Planejamento Estratégico, deu para o Rubens, quando ouviu está história, sob os risos do Marcelo (aluno de Marketing), que tinha no Rubens o seu modelo de ser humano.

Um dia dei-lhes um exemplo, que foi definitivo, quanto à adequação ou não às mudanças:

Valter, eu construí um prédio de apartamentos. Não é o mais moderno do mercado, mas é sólido. Um prédio para durar o resto da vida. Surge neste cenário um futurista, que tenta me convencer que um prédio não pode ter o 13o. andar. Este futurista diz que muitas pessoas, supersticiosas, não gostam deste número. O que devemos fazer? Considere que o número 13, vem depois do 12 e antecede o 14.

Derrubar o prédio e construir outro? Arrancar todo o andar?   

Muito difícil não é mesmo? Que tal encontrarmos soluções de marketing para a questão, do tipo:

– 7 entre 10  pessoas bem sucedidas no mundo, já moraram em prédios no 13o. andar. É uma questão de foco.

– Já não temos mais apartamentos para vender no 13o. andar. Talvez haja uma desistência….

No momento que você acha que: Vai morrer e não vai dar tempo de verificar tudo, ler tudo, experimentar todas as novidades, o ideal é estabelecer um nicho de mercado, e evoluir dentro dele. Era a medida certa, para nossas necessidade e eficácia. Mesmo porque, além do Marcelo, que me ajudou com 20 frases para vender os apartamentos do prédio, na época eu tinha vários estagiários jovens e ávidos por mudanças.

Tudo é uma questão de planejamento e estratégia. Em seguida mostrei para ele, que o que importava era o método SMART de planejamento.

A Prospecção certamente nos mostra as potencialidades do nosso negócio. Todavia eu lhes pergunto: Prospectar ou planejar? Planejar e Prospectar? Prospectar e Planejar?

Se sua melhor resposta for Planejar e Prospectar, então você:

– Você eSpecificou corretamente seu projeto 

– Você Mensurou o tamanho do seu projeto

– Você acredita que é Alcançável

– Você reconhece sua Relevância

– Está dentro do Tempo disponível

Ou o Valter estava certo. E o Marcelo hem?

Como sempre aguardo comentários a respeito.

Elza Conte
Personal & Professional Coach Certificada pela Sociedade Brasileira de Coaching
Palestrante Certificada pelo Instituto Ferrarezi
Master Practitioner em PNL Certificada pelo Instituto Ferrarezi
Practitioner em Matrix Reimprint  certificada pela AAMET International – Association for Advancement of Meridian Energy Techniques
Especialista em técnicas de desbloqueio emocional – EFT(Emotional Freedom Techniques)
Pós-Graduada em Administração de Empresas pela Fundação Getulio Vargas, com especialização em Negócios para executivos.
Líder de projetos em Jogos Empresariais por 20 anos na Fundação Getúlio Vargas
Site – www.coachviaconte.com.br
E-mailelzaconte@coachviaconte.com.br
Contato – (11) 96384-6380 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *