ESQUECIDOS OU SEM OBJETIVOS…

Por Cátia Duarte Schumacher

Início essa reflexão para pensarmos a respeito… Andamos correndo… voando… atarefados… estressados… repletos de informação…

Mas qual informação estamos absorvendo verdadeiramente… Estamos ouvindo tantas e tantas coisas de tantas e tantas pessoas, mídias, veículos…

Mas o que estamos ESCUTANDO? Entre ouvir e escutar tem uma grande diferença. Ouvir simplesmente não requer a total atenção que a escuta propõe. Por isso eu questiono… estaríamos nós ouvindo demais e escutando de menos? Quanto estamos ouvindo de fora e deixando de escutar o que ocorre dentro de nós?

Porque estamos agindo assim com nós mesmos? Assim vamos nos deixando levar pela vida e deixando de viver nossas vidas…

Vamos correndo, fazendo diversas coisas ao mesmo tempo e ao final do dia estamos estressados, cansados, esgotados, e sem ter caminhado rumo aos nossos verdadeiros objetivos.

Você tem clareza dos seus objetivos de vida? Já parou para se auto questionar? Ouviu de você mesmo o que é importante para você? Ouviu ou escutou? Retorno a dizer que a ESCUTA representa a verdadeira presença no AGORA, escutar é estar presente, com toda atenção no que está sendo falado, porém o ouvir não requer essa presença, e é simplesmente ouvir.

Então?

Tens OUVIDO ou ESCUTADO de você seus objetivos? Acredito que os esquecimentos, que são cada vez mais citados pelas pessoas, seja fruto de estarem ouvindo muitas coisas ao mesmo tempo. Todos os dias passamos por tsunamis de informações, que chegam por todos os lados, de todas as formas, TV, computador, jornais, revistas, smartphones, tablets… São tantas as formas de se comunicar que utilizamos no nosso dia a dia, que nos fazem ouvir muitas informações ao mesmo tempo. Mas em que momento realmente escutamos o que cada informação quer nos passar?

Cada texto, cada imagem, cada gráfico, tem uma mensagem a quem recebe. Se não estivermos ESCUTANDO o que a informação quer dizer estaremos apenas ouvindo, e não estando presentes naquele momento, isso faz com que a gente viva na CORRERIA porém corremos para onde mesmo? Sem objetivos? Qualquer lugar serve se você não sabe para onde quer ir…

Quais são os teus objetivos??? Convido você a refletir a seu respeito. Quais os objetivos na sua vida que já alcançou? Como foi o processo para alcança-lo? Ouve um planejamento? Quais as ações que tomaste para alcançar? Enquanto estava no caminho do seu objetivo, revisavas as ações e as adaptava de acordo com os obstáculos que por ventura surgissem? Ao alcançar o objetivo, como se sentiu? Houve gratidão pelo processo até a chegada do objetivo? Você deve estar se questionando neste momento… Porque tantas perguntas para eu mesmo responder…

Respondo que se seu objetivo ao ler este artigo é acumular algum conhecimento, é ler algo que possa fazer a diferença amanhã ou depois na sua vida, se for para em algum momento você poder utilizar, esta é a razão pelo qual meu artigo oferece tantas perguntas. Só poderá acrescentar na sua vida se você se auto questionar a respeito. A vida é sua, única e exclusivamente sua, por esta razão, única e simplesmente, somente você pode saber os caminhos que queres e vais seguir em sua vida.

Posso escrever sobre mim, sobre as minhas experiências e muito tenho feito, porém meu objetivo neste momento aqui é te oferecer o maior número possível de indagações que deves fazer a tí mesmo, e sugiro que as faça de preferência em frente a um espelho, repita essas perguntas a ti mesmo, olhando nos seus olhos. Faz muita diferença, posso te garantir. Escute o que você tem a dizer, porque as respostas para todas as tuas perguntas estão dentro de tí. Somente você as pode responder com total certeza.

Quando um problema surge, a solução também já existe, porém muitas vezes não sabemos por onde começar a procurar… e isso pode demorar muito tempo…

Sendo assim vamos começar por perto, bem perto, dentro de nós mesmos. Experimente… Olhe para você, se perceba, gosta do que está sendo refletido através do espelho? Porquê? O que te incomoda? O que te satisfaz? És uma pessoa grata? Em que momentos do teu dia te mostra uma pessoa com gratidão? Como te sente quando agradece por alguma coisa? Em que momentos na sua vida já sentiu a mesma sensação? Pergunte a você mesmo, dê audiência para você, você é a pessoa mais importante neste momento. Se valorize, ESCUTE o que você tem a dizer sobre sí mesmo. Vai se surpreender.

Cátia Duarte Schumacher
Coach, Gestora Financeira e Reikiana CRA RS 002340 CRC RS 079705/00 www.coachingdesustentabilidade.com.br
(51)99612 7680

1 comentário


  1. Parabéns, a Autora pelo belo texto de forma
    direta, ela conseguiu dar clareza de que
    forma nós humanos precisamos refletir
    sobre nossas decisões futuras e a cada vez
    mais aprender se dar mais valor. Conversar
    com nós mesmos a palavra é gratidão base
    tudo que fazemos nesta vida, pare e pense
    olha dentro de você e veja o que você é
    capaz!

    Um ótimo texto vou compartilhar nas
    minhas redes sociais, hangout, whatsapp e
    telegram.

    Obrigado, Gratidão e Sucesso!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *