COACHING COM FUNDAMENTOS DA NEUROCIÊNCIA (LINK) PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA

Por Mário Bonamici

Nunca antes neste pais lemos e ouvimos falar tanto de Coaching, Coach, Coachee, Mentor, Neurocoaching.

E recentemente COACHING À DISTÂNCIA muito EFICAZ nestes tempos de altas tecnologias da comunicação.

Até há poucos anos líamos e ouvíamos: Treinador / Consultor para vendas, negociação, liderança, gestão, financeiro, e tantas outras atividades empresariais e também de carreiras.

Quais as mudanças que houve? Você já pensou sobre este fato? Pense no seguinte: as crianças de hoje de

7 a 10 anos estão aprendendo da mesma forma (ou sistema ou técnicas) que nós aprendemos com estas idades há poucos anos ou muitos anos conforme a idade do prezado leitor? Lógico que não.

Acompanhe agora um pouco da Evolução das Espécies: nos últimos 50 mil anos, houve 800 gerações de 62,5 anos de idade. Seiscentas e cinquenta gerações de 62,5 anos viveram em cavernas. As demais 150 gerações de 62,5 anos (últimos 9.375 anos) começaram a se organizar na agricultura, revoluções industriais, avanços científicos. Porém (veja só) 70 a 80% de tudo que você utiliza hoje (2017) entre produtos e serviços foram inventados/desenvolvidos na última geração de 62,5 anos, ou seja, a partir de 1.954 ou pouco antes mas não muito antes.

Entendemos agora que as inovações ocorrem com muito maior velocidade e a cada ano surgem novas tecnologias e novas técnicas de comunicação.

E assim o Ser Humano moderno Homo sapiens vai se moldando aos novos tempos pois (segundo Darwin) não é o mais INTELIGENTE nem o MAIS FORTE que sobrevive. É o SER HUMANO com maior facilidade de adaptação aos novos contextos e com coragem para mudar, quando for preciso, PARA SOBREVIVER.

Surgem novas teorias da aprendizagem (e também agora sabemos como o CÉREBRO aprende) com fantásticos pesquisadores da comunicação. Novas tecnologias presenciais e a distância tornam a comunicação e o processo da aprendizagem mais eficazes.

E assim dá para entender que há necessidade de adaptação às mudanças evolutivas para sobreviver.

No campo empresarial as mudanças estão em alta velocidade. As técnicas de ensino e aprendizagem estão em constante evolução e neste quadro SURGEM O COACH PRESENCIAL E O COACH À DISTÂNCIA.

Falamos muito bem da Neurociência aplicada ao ensino-aprendizagem-liderança mas ela também levou bom tempo para chegar aos patamares atuais sobre o que conhecemos sobre o cérebro.

O primeiro homem a falar sobre a importância do CÉREBRO foi Alcmaeon de Crotona (Grécia) no sec. V AC.

Ele falou que o cérebro era o centro do comando de tudo no corpo. Porém anos depois Aristóteles (384 AC) veio com a conversa que o coração era o centro de todos os comandos. E assim ficou por muitos anos.

A situação piorou quando Renê Descartes (1596-1650) afirmou que CÉREBRO é uma coisa e MENTE é outra coisa e nada tem a ver com o cérebro. Hoje está bem claro que a MENTE é uma função cerebral e ela é tudo aquilo que o cérebro faz. Este foi o chamado “Erro de Descartes” conforme livro com o mesmo nome escrito por António Damásio, (em 1996) fantástico Neurocientista.  Finalmente no inicio do sec XX Santiago Ramon Y Cajal com Camilo Golgi revelaram que no cérebro temos NEURÔNIOS (hoje sabemos 86 bilhões) e não uma massa compacta como uma MORTADELA. Mas apenas em 1921 Otto Loewi nos revelou que entre os NEURÔNIOS há uma comunicação ( SINAPSES)  via NEUROTRANSMISSORES.

Em 1970 tivemos a explicação do cérebro TRINO OU TRIUNO por MacLean.

São eles: cérebro primitivo (ou reptiliano) o primeiro da evolução – o segundo denominado SISTEMA LÍMBICO muito ligado às emoções – o terceiro e último denomina-se NEOCÓRTEX o centro da razão.

Neurônios espelho descobertos início anos 90 pelo professor Giacommo Rizzollati em Parma na Itália.

Fundamentais para entender a empatia entre as pessoas. É aquela vontade de sentir o sucesso de outra pessoa ao vê-la diante de um desafio. Vimos então que os conhecimentos sobre o cérebro demoraram para chegar neste ponto e assim temos a NEUROCIÊNCIA para atuar com muita eficácia no COACHING presencial ou à distância como veremos na sequência. Nosso cérebro está pronto na forma atual há uns 80 a 100 mil anos sendo que nossa espécie teve início há aproximadamente 4,5 milhões de anos.

E herdamos inúmeros comportamentos destes nossos ancestrais.

Vamos partir agora para apresentar um PERFIL DO COACH QUE APLICA COACHING PRESENCIAL OU À DISTÂNCIA. E também os recursos que deve ter e como aplicar em LINK com  a NEUROLINGUÍSTICA.

PERFIL DO COACH PRESENCIAL OU À DISTÂNCIA.

# Boa formação para o exercício da função tendo em mente que será o responsável pelo sucesso pessoal e profissional do COACHEE, ou seja, a pessoa foco do trabalho COACHING.

Com “boa formação” queremos dizer com quais técnicas de COACHING  sente-se habilitado a aplicar no Coaching. Neste artigo vamos apresentar os recursos da Neurociência LINK com Neurolinguística.

# Ações fundamentadas em valores como: ética – respeito – humildade – lealdade – congruência.

# Motivação para o trabalho e voltado para permanente atualização profissional assim como um eterno aprendiz das Inteligências Emocionais principalmente a Interpessoal e a Intrapessoal.

(O CÉREBRO) O Coach deve ter em mente que os cérebros (sadios) de todos os seres humanos são iguais.

Ou seja, 86 bilhões de neurônios que se comunicam entre si via neurotransmissores. A comunicação dentro do corpo do neurônio (axônio) é elétrica e entre os neurônios (sinapses) é química via neurotransmissores.

Veremos que mais importante do que a quantidade de Neurônios (86 bilhões) é a quantidade de CONEXÕES entre eles (trilhões) que formam a rede neural de conhecimento onde o Coach atuará para construí-la e ampliá-la com a sua competência de comunicação com os recursos da Neurociência/Neurolinguística.

(NOTA IMPORTANTE) O cérebro recebe 11 milhões de bits de informações por segundo vindas via sistema sensorial. Mas foi estimado que consegue absorver apenas 16 a 50 bits de informações por segundo.

(Vide livro SUBLIMINAR de Leonard Mlodinow página 47 da Editora Zahar).

O DESAFIO do Coach será fazer com que estes 16 a 50 bits de informações por segundo no cérebro do Cochee sejam entendidos, assimilados, memorizados para mudar comportamentos via aprendizagem.

O que difere os seres humanos são: ambiente e contexto que vivem – cultura local – crenças e valores – modelos mentais-mapa da realidade (compreensão do mundo ao seu redor) – identidade (quem sou?) – projetos  de vida – motivações/ambições para conquistas pessoais/profissionais.

(OS RECURSOS). Finalmente agora vamos citar os principais conteúdos que o COACH deve dominar nos campos da Neurociência e Programação Neurolinguística para exercer COACHING

Alerto que o COACH não vai dar AULAS destas ciências e sim aplicá-las na atividade de COACHING presencial e também À DISTÂNCIA.

(NEUROCIÊNCIA) (Apenas algumas imprescindíveis))

# Neurônios, comunicação entre Neurônios (sinapses), Neurotransmissores. Contribuição: saber como se formam as redes neurais de conhecimento e como o Coach pode contribuir para esta formação através das técnicas de comunicação.
(Excelente FONTE: “ O Cérebro Humano” – Susan A. Greenfield – Edit. Ciência Atual-Rocco) 

# Potencial de ação: O início do processo da aprendizagem se dá quando há a comunicação entre os neurônios para a formação da rede neural de conhecimento. Este Potencial de Ação ocorre quando o Cochee é motivado a aprender e aceita a informação do Coach sem crenças limitadoras e motivado.

O desafio  é o Coach saber se o Cochee está captando e aceitando a informação. Depende do interesse do Cochee, da sua vontade de aprender, da emoção para aprender. Recurso do Coach: Teste Parafrásico , ou seja, solicitar que o Cochee repita a sua explicação e ver o que dá.
(OUTRA BOA FONTE: Princípios de Neurociência – Jorge Martins de Oliveira-Júlio Rocha Amaral-Tecnopres.

#Sistema de Recompensa do Cérebro. Ativado quando a pessoa estabelece um OBJETIVO e se aproxima do mesmo. Mas um OBJETIVO bem formalizado no Cérebro. Há uma grande liberação do neurotransmissor DOPAMINA que é da alegria, êxtase, bem estar, felicidade. E assim dizemos que as fontes de motivações estão inseridas no cérebro. O Coach com esta informação saberá explorar e ativar este sistema que sempre é realimentado com novas conquistas em relação aos OBJETIVOS do Cochee.
(Outra boa fonte: As Neurociências Cognitivas – Nicole Fiori – Editora Vozes)

# Linguagem adequada aos três cérebros de MacLean)

Cérebro primitivo ou reptiliano: O mais antigo na nossa evolução. Voltado para a proteção do ser humano.

Para sobreviver atua nas ações de ataque ou defesa. Para entrar em contato com este cérebro utilizar frases/palavras como: “para sua segurança” – “proteja-se contra a falta de segurança” –“ garanta o seu sucesso na empresa desenvolvendo diversas  habilidades.”

# Sistema límbico/emocional: Utilizar frases/palavras que dão emoções, conforto, segurança, alegria.

Memoriza muito bem.

Exemplos: “ Com este treinamento você será reconhecido pela Empresa” – “ Você está sendo muito bem observado pelo seu progresso na empresa”.

#Sistema NEOCÓRTEX a aparte mais recente do Cérebro.

Centro do Juizo da Razão. Lógico e racional. Cérebro chegou neste nível há 80 a 100 mil anos.

Para se comunicar utilizamos palavras/frases com conteúdos  lógicos, consistentes, convincentes.

Julga e filtra informações. Seus filtros: crenças – valores –decisões – memórias.

Exemplos “ Pode estar seguro que este equipamento é fruto da última tecnologia da comunicação”

(NOTA) Lembramos que nosso cérebro atinge a evolução total até o nível completo do Córtex entre 18 e 20 anos. Esta a razão científica utilizada para a NÃO REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL PARA 16 ANOS.

NEURÔNIOS ESPELHO

Empatia – sociabilidade – sentir-se no lugar do outro. Espelhamento.

Você sente e torce para o sucesso do Cochee.

É uma sensibilidade que o COACH na atividade COACHING deve focar. O Cochee sente o “espelhamento.” 

#FALAR NA LINGUAGEM POSITIVA  DO CÉREBRO.

O cérebro só faz imagens do positivo. Descarta o negativo. “Quero que você não pense na cor VERDE”

Automaticamente o cérebro vai formatar a cor VERDE.

Portanto quando falar com as pessoas utilizar sempre o POSITIVO:

“Por favor LEMBRE do exercício”  “ Você tem que APROVEITAR esta oportunidade”

Resumo: Falar o que a pessoa é  e faz.  Falar o que o produto é  e faz.

“Esta máquina de lavar roupa é leve, silenciosa, preço accessível”

(Contra” “Esta máquina de lavar roupa não é pesada, não faz barulho, não custa caro) 

# UTILIZAMOS 100% DO CÉREBRO COMPARTILHADO. Aquela conversa de 10% é MITO. 

#FINAL DA NEUROCIÊNCIA:

Obviamente demos uma amostragem bem pequena e bem suave sobre os recursos da Neurociência.

O Coach  na atividade COACHING tem que estudar, pesquisar muito, treinar e ter segurança para colocar estes recursos em prática na atividade. Lembrar sempre que tem COMPROMISSO COM O COACHEE. 

# PRINCIPAIS FUNDAMENTOS DA PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA PARA LINK COM NEUROCIÊNCIA.

Dizemos que a PNL é “o estudo da experiência subjetiva dos seres humanos”.

Começou a ser formalizada no início anos 70 com  Richard Bandler e Jonh Grinder em Sacramento na Califórnia (USA). Depois vieram outras Mentes Brilhantes como: Virginia Satir – Dr. Milton Erickson-

Gregory Bateson – Robert Dilts – Robert McDonald – Carmen Saint Claire – Ted James e outros.

(NOTA: Para estudos iniciais da PNL buscar um livro de Introdução a Programação Neurolinguística e há excelentes autores nacionais e americanos neste assunto. Pesquise no Google e nas livrarias)

#Conceitos fundamentais para começar a entender a PNL:

# “O MAPA NÃO É O TERRITÓRIO” mas quanto mais próximo da realidade será bem melhor.

Pela impossibilidade de absorvermos a realidade total (lembra dos bits?) o cérebro monta um modelo ou mapa para nossa compreensão do contexto E assim cada ser humano tem o seu mapa da realidade e não há mapa certo ou mapa errado. Cada um tem o seu MAPA.

# CANAIS SENSORIAIS: Visual – Auditivo – Cinestésico.

Todos nós temos os três canais porém temos um da nossa preferência.

Você pode falar no canal visual com o Cochee ao perceber que esta seja o canal preferencial dele.

Em contato com grupos de pessoas você tem que circular com frases nos três canais para atingir todos.

#MODELOS MENTAIS.

São conceitos, juízos, valores que formalizamos ao longo da vida. Começando pelo convívio familiar nos primeiros anos de vida – depois escola inicial – escola superior – empresa – amigos – leituras – crenças.

Pense no seu modelo mental e veja o que precisa ser feito para mudá-lo. Será muito difícil.

O Coach saberá o modelo mental do Cochee para uma boa atividade COACHING.

# POSIÇÕES PERCEPTIVAS.

Muito importante ter este conceito bem claro e obviamente aplicar com o Cochee.

1ª. Posição: Só vale o teu ponto de vista. Você quer impor o teu modo de ver as coisas. (ERRADO)

2ª. Posição. Você coloca-se no lugar do Cochee e entende o ponto de vista dele. (CERTO)

3ª. Posição: Você se afasta do diálogo entre a 1a. e 2ª. posição e na observação tira suas conclusões.

#NÍVEIS LÓGICOS NA PNL (Robert Dilts).

Fundamental esta compreensão para entender como funcionam os seres humanos.

A sequência destes níveis é a seguinte (imagine uma coluna com o primeiro nível na base).

AMBIENTE (onde estamos) – COMPORTAMENTO (nossa ação) – CAPACIDADE (nosso potencial)

CRENÇAS (no que acreditamos) – IDENTIDADE ( quem somos nós) ESPIRITUAL (nível acima de todos).

Importante entender que a IDENTIDADE é a soma das crenças das pessoas. No que elas acreditam.

Crenças comandam os comportamentos. Mudando a crença mudará o comportamento.

O Coach deverá entender o nível lógico do Cochee e se estiver diante de um grupo terá condições de identificar as crenças presentes. É fundamental respeitar as crenças das pessoas.

Há crenças limitadoras (nos impedem de atingir metas) e crenças  possibilitadoras   (nos levam adiante).

É um grande desafio identificar as crenças das pessoas. E para uma sintonia perfeita você vai respeitar.

#RAPPORT OU SINTONIA COM AS PESSOAS OU GRUPOS DE PESSOAS.

O ser humano herdou dos ancestrais gostar de conviver em grupos de pessoas e se dar bem com elas.

Foi com esta convivência e harmonia que partimos do inicio, há 4,5 milhões de anos, e chegamos em 2017 com o desejo de se adaptar aos diferentes contextos, conviver e conquistar AMIZADES.

Agora é o momento da ARTE DA COMUNICAÇÃO que o Coach vai aplicar no COACHING.

Vamos aos principais pontos fortes da arte do RAPPORT:

# Falar no tom de voz da pessoa – # Comunicar-se no canal sensorial preferido – # Imitar gestos e movimentos com sutileza – identificar as crenças da pessoa e valorizá-las – entrar em segunda posição perceptiva – falar nas linguagens do Cérebro Trino conforme contexto – utilizar as Inteligências Emocionais.

FINALIZAÇÃO:

Este artigo é apenas para dar uma leve noção como funciona a NEUROCIÊNCIA EM LINK COM A PNL na atividade   COACHING PRESENCIAL E À DISTÂNCIA.

Para incrementar mais habilidades há necessidade de muita pesquisa, leituras, cursos de PNL e COACHING com bons instrutores.

MÁRIO BONAMICI
COACH E MENTOR PRESENCIAL E À DISTÂNCIA  ÁREA COMERCIAL
mario.bonamici@uol.com.br       www.bonamici.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *