AS DUAS FACES DO STRESS!

Por Elaine Trannin Stress é uma palavra com origem latina no termo Distringere, no francês se tornou Distrece e para o inglês Distress e significa sofrer, estar infeliz, necessitado de ajuda. Com o tempo, foi abreviado para stress e é esse termo que usamos mais comumente no português, apesar de termos um equivalente exato que […]

COMEÇANDO PELO QUINTAL

Por Tom Coelho “Não basta saber, é preciso também aplicar; não basta querer, é preciso também agir.” (Goethe) Pobreza, miséria, exclusão econômica. Desemprego, analfabetismo funcional, exclusão social. Violência. Somos especialistas em diagnóstico. Temos a capacidade singular de identificar os males que afligem nosso país. Mapeá-los. Catalogá-los. Fazer estatísticas e promover seminários, simpósios, dissertações, teses e […]

“PENSO, LOGO EXISTO”. SERÁ?

Por Elaine Trannin Até os anos 1.500, tínhamos uma visão orgânica do mundo, chamávamos nosso planeta de Mãe Terra e nossas necessidades individuais eram subordinadas às necessidades da comunidade. Nessa época, Idade Média ou Medieval, a ciência era baseada na razão e na fé com a principal finalidade de entender o universo e não tínhamos […]

SE, FORA DAS EMPRESAS, O CAMINHO DO COACHING É ERRANTE…

Por Beatriz Pinheiro Temos acompanhado os caminhos do Coaching desde que ele chegou ao Brasil, cuidando de preservar sua proposta original, uma conquista espetacular de aprendizagem, desenvolvimento, liberdade e democracia. Parece estranho aplicar ao Coaching essas referências, enquanto esta palavra tem sido ligada indiscriminadamente às mais diferentes atividades para adultos, jovens e crianças. Sim, até […]

SALVANDO O MUNDO

Por Cátia Schumacher Pensando…pensando…pensando… Sobre o clichê de salvar o mundo… Após assistir o filme da mulher Maravilha que ao final faz uma excelente reflexão.  Todos temos no íntimo a satisfação em auxiliar o próximo…em subconsciente a vontade de salvar o mundo…seja o nosso mundo ou o mundo de alguém.  Isso explica a satisfação que […]

CERTEZAS E CONVICÇÕES

Por Yara Leal Ultimamente tenho refletido bastante sobre o papel das convicções em nossa vida. Ter certeza sobre as coisas é algo benéfico ou impõe restrições em nossa forma de olhar o mundo? Eis a questão! As certezas nos fazem caminhar por estradas já conhecidas, evitando qualquer atalho, pois um atalho significa algo incerto, desconhecido […]